ANPM

AUTORIDADE NACIONAL DO PETRÓLEO E MINERAIS TIMOR-LESTE

Ser uma autoridade reguladora líder na região, nos setores do petróleo e dos minerais e um modelo para o desenvolvimento institucional em Timor-Leste.

ANPM

Relatório Anual de 2008

O ano de 2008 foi um ano muito desafiante para a ANPM – Timor-Leste. A ANPM tem crescido tanto como organização, quanto como autoridade de petróleo.

A preparação começou no início de 2008 para o estabelecimento da ANPM e isso incluiu a identificação principalmente de nacionais timorenses que se espera que assumam maiores responsabilidades. Após o estabelecimento da ANPM, foram montados desafios à organização recém-criada e um conjunto de pessoal experiente foi deixado a administrar operações petrolíferas altamente profissionais. Além disso, a deslocação do escritório da ANPM para o Palácio do Governo foi outro verdadeiro desafio em si. Foram, então, atribuídos recursos significativos para assegurar que todo o apoio logístico e administrativo estaria disponível, garantindo, assim, o bom funcionamento da autoridade reguladora.

Durante o ano de 2008, também conhecido como o ano de transição da ANPM, a ANPM manteve todas as atividades operacionais pré-existentes, desenvolvidas tanto na ACDP como nas Áreas Offshore exclusivas de Timor-Leste. Congratulamo-nos por compartilhar que, apesar de todos os obstáculos herdados pelas mudanças institucionais, como referido acima, a ANPM conseguiu assegurar que todas as atividades petrolíferas planeadas para o ano fossem alcançadas, de acordo com as obrigações dos contratos e de outros quadros legais em vigor.

A ANPM é uma instituição pública do Governo de Timor-Leste, ilustrada pelo Plano Nacional de Desenvolvimento do Governo de Timor-Leste e pelo Tratado do Mar de Timor, continuando a fazer o seu melhor esforço, apesar de todos os desafios, para assegurar as atividades petrolíferas empreendidas na sua área de atuação. A jurisdição é regulada de acordo com as melhores práticas do mundo na indústria, garantindo simultaneamente uma maior participação dos cidadãos de Timor-Leste em todos os processos e maximizando os benefícios para Timor-Leste e para a Austrália (no caso da ACDP).

 

Clique aqui para obter detalhes.